segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Você está longe, eu estou longe perto. Você não fala, eu também não falo muito. Eu sinto saudades, você não sei.

Tenho lembrado de você constantemente, como de costume, como sempre, no meu primeiro pensamento no dia e no ultimo. O seu sorriso, o brilho dos seus olhos ainda parecem refletir nos meus, e fazem minha saudade ainda maior. Cadê você? Cadê seu abraço? Seu sorriso? Suas palavras?que em segundos curam milhares de males em mim. Cadê você? Não me deixe só, não agora. Me desculpa se tudo o que eu posso fazer é de longe observar você, e me desculpe também se é tão pouco o que posso te dar, somente um sorriso pra quem sabe te alegrar.
Eu te amo, em minuto algum esqueça disso.

Nenhum comentário: